Estudantes criam app de acessibilidade que transforma Libras em alfabeto gráfico

Com o objetivo de promover inclusão social, estudantes recém-formados da Fatec de Araçatuba (SP) criaram um aplicativo de acessibilidade que transforma a Linguagem Brasileira de Sinais (Libras) no alfabeto gráfico.

De acordo com Larissa Gomes e Rafhael Prates, que desenvolveram o projeto, a ferramenta facilita a comunicação de pedagogos com alunos que têm deficiência auditiva e também ajuda pais e familiares a conviverem melhor com crianças com surdez.

“O aplicativo é para quebrar a parede que dificulta a comunicação”, explicam os tecnólogos em Análise e Desenvolvimento de Sistemas.

No HandsFree, nome do app, o usuário aprende Libras a partir de gifs animados que ensinam qual movimento é respectivo à letra do alfabeto.

 Fonte: G1