page contents

Missão para a Leoa: Brasil está zerado em 6 lutas principais no UFC em 2017

Desempenho geral do país no ano é positivo, mas brasileiros têm cinco derrotas e um “No Contest” quando são destaque no evento e quatro derrotas em disputas de título
No próximo sábado, Amanda Nunes defende o único cinturão que resta ao Brasil, o dos pesos-galos femininos, no evento principal do UFC 213, em Las Vegas. Os torcedores brasileiros torcem para que a “Leoa” seja capaz de encerrar um jejum incômodo em 2017: no primeiro semestre, nenhum representante do país venceu quando foi colocado na luta principal de um torneio do Ultimate, em seis tentativas.

O desempenho dos lutadores brasucas em geral não foi ruim na primeira metade do ano; na verdade, foi bem positivo, com 35 vitórias em 61 lutas no UFC (descontando lutas em que brasileiros se enfrentaram), um aproveitamento de 57,37%. Em cards principais, foram 16 vitórias em 30 lutas, ou 53,33% de aproveitamento. Das 10 categorias de peso em que teve representantes lutando, o Brasil tem aproveitamento acima de 50% em metade delas, e igual a 50% em outras três – apenas o peso-pesado e o peso-pena tiveram mais derrotas que vitórias em 2017 (1v-2d em cada uma)…

 

Fonte: Missão para a Leoa: Brasil está zerado em 6 lutas principais no UFC em 2017

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Your SEO optimized title page contents